link href='http://fonts.googleapis.com/css?family=NOME DA FONTE' rel='stylesheet' type='text/css'/> Just a Girl...: Abril 2010

Quotes do dia...

“Ela parecia ser boa sem querer,
e ruim de propósito.”
4 Semanas de prazer

Search

Arquivo do blog

Seguidores

Tecnologia do Blogger.

My Playlist

Visitantes online

quarta-feira, 21 de abril de 2010
Eu odeio tudo em você. Absolutamente tudo. Cada mínimo detalhe, sem exceção alguma.
Odeio o modo como você me olha e parece capaz de ler tudo que tento esconder por trás dos meus sorrisos, mas não consegue ler o fato mais óbvio - aquele estampado em cada detalhe do meu rosto. Odeio o seu sorriso e a sensação de borboletas que ele provoca em meu estômago. Odeio a sua risada e odeio saber que eu seria capaz de qualquer coisa para poder ouvi-la. Odeio a sua voz, seus comentários, suas piadas. Odeio o seu jeito bipolar - às vezes tão sarcástico, às vezes tão doce. Odeio a frieza da sua mão contra a minha pele razoavelmente quente e odeio ainda mais o arrepio que esse contato me provoca. Odeio quando você me abraça - e odeio ainda mais quando você abraça outra pessoa. Odeio quando segura as minhas mãos, odeio ainda mais quando as solta. Odeio quando me faz rir muito, mais quando me faz chorar. Odeio esperar que seja você toda vez que o telefone toca. Odeio o modo como você abaixa a cabeça e sorri quando está com vergonha, como se encolhe e chora quando está triste, como faz brincadeiras idiotas quando está feliz, como faz barulhos estranhos e sem sentido.
Mas eu odeio, acima de tudo, não conseguir te odiar.
Eu odeio amar você
domingo, 18 de abril de 2010
Sabe aquela garota que está sentada ali no canto? Ela. Sim, aquela. Aquela que lhe dirige um sorriso todos os dias. Aquela que se diz satisfeita, mas traz no fundo dos olhos o brilho de alguém que ainda tenta alcançar o impossível. Aquela que desenha corações nas bordas de uma folha de papel - mas que não deixa ninguém ver os traços que os partem. Ela não está muito bem, sabe? Ela olha para o nada durante muito tempo, cantarola canções sem sentido, até tenta afastar-se de você de vez em quando... Alguns a chamam de apaixonada. Outros, de louca. Ninguém entendeu ainda que ela simplesmente não está muito bem. Eu não sei o que a leva a esconder e fingir felicidade... Talvez ela seja orgulhosa demais. Talvez ela não tenha mais esperança. Talvez ela não queira partir o coração que está nas mãos dela - ou o seu.
Talvez ela simplesmente tenha medo.
O fato é que ela não está muito bem porque está cansada de fingir que não precisa de você.
Alguns dizem que ela gosta de chorar...
Outros dizem que ela gosta de você...
sábado, 17 de abril de 2010
90% das pessoas desse mundo são do lado da razão .
 os outros 10% são do lado do coração .

enquanto os 90% soltam palavras e atitudes sérias ,
os 10% se machucam com elas .

enquanto os 90% não ligam para a dor dos 10% ,
os 10% se erguem , e se vingam .

enquanto os 90% sentem falta dos 10% pra machucar outra vez ,
os 10% se encontram entre si , e começam a sorrir.
Chorar é muito fácil. Difícil é conter as lágrimas e esconder as feridas por trás de um sorriso. Rir de piadas mesmo sem ver graça alguma nelas. Aproveitar a solidão de mais uma noite para deixar a dor escorrer.
 Falar é muito fácil. Difícil é ficar em silêncio quando o ideal seria gritar a sua angústia para que todos pudessem ouvir. Não verbalizar os pensamentos, os sentimentos, as verdades. Deixar as palavras te matarem por dentro apenas para não magoar alguém.


Ignorar é muito fácil. Difícil é ouvir as críticas e sentir as pedradas, mas ainda assim manter a cabeça erguida. Separar o que merece ser ouvido do que merece ser esquecido e mudar o que é necessário - para você e para os outros.


Mentir é muito fácil. Difícil é olhar nos olhos de alguém e falar a verdade, mesmo sabendo que vai doer. Mesmo sabendo que vai machucar. Mesmo sabendo que talvez, e apenas talvez, essa opção faça você sair perdendo - perdendo uma amizade, um amor, um sonho...
Se iludir é muito fácil. Difícil é abrir os olhos e encarar a realidade de frente. Perceber que tudo aquilo em que se passou tanto tempo acreditando não passou de uma mentira, uma piada, uma ilusão. Plantar os pés no chão e seguir em frente, ignorando toda a dor.

Dizer "eu te odeio" é muito fácil. Difícil - difícil mesmo - é dizer "eu te amo" e ser verdadeiro, ser sincero. Difícil mesmo é se entregar por completo pra alguém que pode simplesmente decidir te despedaçar. Difícil mesmo é amar sozinho, amar sem retorno, amar sem esperança, mas ainda assim continuar a amar. Difícil é desistir de tudo por alguém, mesmo que essa pessoa não esteja disposta a desistir da solidão por você.
Eu me encontrei, quando me perdi,
eu me esqueci do mundo, quando só pensava em você
eu deixei de andar com meus próprios pés, pensando que iria me
carregar nos braços,
Eu deixei de acreditar em sonhos meus
pra tentar realizar os seus,
Eu me entreguei demais
mais longe de você me sinto em paz...
Nada vai ser como antes, e é melhor que continue distante
acabou, e não podemos continuar seguindo os mesmos passos
por que meus pés seguem em outra direção,
pra longe dos seus braços...
Eu pensei em voltar atrás e fingir que nada aconteceu,
Mais o meu orgulho é mais forte do que eu,
Eu tentei achar explicação, mais me perdi na minha própria razão
Não pensei nas minhas próprias escolhas,
Não percebi os meus erros,
Por isso me afastei por isso te deixei
Você me cegava não me deixava ver que eu estava errada
E estou longe de você, pra encontrar a paz
Pra sentir de novo, o que eu não sentia mais.
quarta-feira, 14 de abril de 2010
É difícil fazer alguém feliz, assim como é fácil fazer alguém triste.
É difícil dizer amo-te, assim como é fácil não dizer nada...
É difícil valorizar um amor, assim como é fácil perdê-lo para sempre.
É difícil agradecer pelo dia de hoje, assim como é fácil viver mais um dia.
É difícil vermos o que a vida nos traz de bom, assim como é fácil fechar os olhos e adormecer...
É difícil fazer alguém sorrir, assim como é fácil fazer alguém chorar.
É difícil colocarmo-nos no lugar de alguém, assim como é fácil olharmos sempre para o nosso umbigo.
Se erraste, pede desculpas... É difícil pedir perdão?
Mas quem disse que é fácil ser perdoado?
Se alguém errou contigo, perdoa... É difícil perdoar?
Mas quem disse que é fácil arrepender-se?
Se sentes algo, di-lo... É difícil abrires-te?
Mas quem disse que é fácil encontrar alguém que te queira escutar?
Se alguém te diz algo menos bom, ouve... É difícil ouvir certas coisas?
Mas quem disse que é fácil ouvir-te a ti?
Se alguém te ama, ama-o... É difícil entregares-te?
Mas quem disse que é fácil ser feliz?

Nem tudo é fácil na vida...
Mas nada é impossível...
terça-feira, 13 de abril de 2010
...Que minha solidão me sirva de companhia.
que eu tenha a coragem de me enfrentar.
que eu saiba ficar com o nada
e mesmo assim me sentir
como se estivesse plena de tudo.
Nunca fui como todos
Nunca tive muitos amigos
Nunca fui favorita
Nunca fui o que meus pais queriam
Nunca tive alguém que amasse
Mas tive somente a mim
A minha absoluta verdade
Meu verdadeiro pensamento
O meu conforto nas horas de sofrimento
não vivo sozinha porque gosto
e sim porque aprendi a ser só...

Nunca senti-me tão sozinha como agora.
Vou à casa de amiga, converso com outras pessoas, encontro amigo no terminal e até vamos para casa juntos, mas ainda me sinto só.
Hoje quase abraço um amigo, mas o que preciso é que me abracem que me olhem nos olhos, que me faça ver que não estou só.
Não é um segredo que quero contar, nem um amor que quero encontrar.
É só saber que tenho alguém, alguém que se importe alguém que cuide um pouco de mim.
Deve ser o cansaço, pois ando muito cansada.
Ou deve ser carência...
Não interessa o que desencadeou esse sentimento.
Mas se eu sinto é porque ele existe. É porque ele é real.

E αli se vê α distinçαo entre nossos sentimentos: ele estiverα no meu lugαr e eu estiverα no lugar dele; emborα eu o estivesse odiαndo com um rαncor que trαnsformou minhα vidα em mαu humor, jαmαis teriα erguido α mαo contrα ele. Jαmαis o teriα bαnido de meu corαçαo, erα o que ele desejαvα. Cessαdo o momento de respeitα-lo, eu teriα αrrαncαdo seu corαçαo e bebido seu sαngue! Mαs, αté entαo -se nαo αcreditα em mim, nαo me conhece-, αté entαo, eu teriα morrido pouco α pouco αntes de tocαr num único fio de seu cαbelo. - Eclipse
sexta-feira, 2 de abril de 2010




Quando estou perdida na chuva
Nos teus olhos sei
Que vou encontrar a luz para iluminar o meu caminho
Quando tenho medo de ficar para trás
Quando o meu mundo está a enlouquecer
Consegues torná-lo normal
E quando estou pra baixo tu estás lá
Para me ajudar a levantar
Estás lá sempre para me dar tudo o que tens
Para um abrigo da tempestade
Para um amigo
Para um amor que me proteja e aqueça
Eu volto para você
Para ter força e agüentar
Para a vontade de continuar
Para tudo o que fazes
Para tudo o que é verdade
Eu volto para você
Eu volto para você
Quando perco a vontade de vencer
Basta chamar por você
E consigo alcançar o céu novamente
Posso fazer tudo
Porque o teu amor é espantoso
Porque o teu amor inspira-me
E quando preciso de um amigo
Estás sempre do meu lado
A dar-me esperança
A guiar-me pela noite
Para tudo o que fazes
Para tudo o que é verdade
Eu volto para você
Para os braços que me protegeram
Da chuva que cai
Para a verdade que nunca mudará
Para alguém em quem me apoiar
Para um coração em quem posso confiar
Para aquele com quem posso ir ter
Eu volto para você.!!!