link href='http://fonts.googleapis.com/css?family=NOME DA FONTE' rel='stylesheet' type='text/css'/> Just a Girl...: Novembro 2010

Quotes do dia...

“Ela parecia ser boa sem querer,
e ruim de propósito.”
4 Semanas de prazer

Search

Arquivo do blog

Seguidores

Tecnologia do Blogger.

My Playlist

Visitantes online

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Sobrevivi. É isso que tenho podido dizer dos últimos dias.

No começo, eu pensei que fosse ser mais fácil; em certos momentos eu pensei que não conseguiria suportar, mas algo dentro de mim dizia para eu não parar de lutar. Sei que pode parecer bobagem - e às vezes acho que é também - mas sempre repito a mesma frase para mim, em tempos difíceis: "O pior vai passar, o pior vai passar...". E tem passado. Respiro fundo e sorrio singelamente, dizendo à mim mesma que tudo está bem. Sem saber do amanhã, sem saber do que será de mim, eu vou andando sempre em frente. O meu maior medo sempre foi estar andando em círculos. Aquela velha situação que se tem a impressão de já ter vivido. Em outra vida, sei lá. Ou até nessa vida mesmo. Tem gente que não aprende da primeira vez; tem que errar de novo para saber que estava errado. Como tem gente que precisa morrer para saber que estava vivo. Tenho aprendido a aceitar meus defeitos, só não sei ainda se consegui compreender minhas qualidades. Sempre que ouço um elogio, duvido de quem o disse. Geralmente as pessoas não se importam tanto comigo. Talvez eu só deva estar um pouco surpresa com isso. No demais, o meu inferno astral nem tem sido tão inferno assim. Algumas coisas na vida precisam ser redefinidas com novos significados. Esse período pré-aniversário tem me feito refletir sobre algumas coisas que eu quero. Tenho sido capaz de expor minhas idéias e meus sentimentos de forma mais aberta e objetiva. Sei quem sou e que certas atitudes não são do meu feitio. Não estou mais em segundo plano.
quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Eu queria sair por aquela porta...
Eu queria sair por aquela porta e conhecer alguém.
Assim, sem precisar procurar no meio da multidão.
Alguém comum, sem destaques evidentes, sem cavalos brancos ou dentes perfeitos.
Alguém que soubesse se aproximar sem ser invasivo ou que não se esforçasse tanto para parecer interessante.
Alguém com quem eu pudesse conversar sobre filosofia, literatura, música, política ou simplesmente sobre o meu dia.
Alguém a quem eu não precisasse impressionar com discursos inteligentes ou com demonstrações de segurança e autoconfiança.
Alguém que me enxergasse sem idealizações e que me achasse atraente ao acordar,
de camisa amassada e sem "maquiagem".
Alguém que me levasse ao cinema e, depois de um filme sem graça,
me roubasse boas gargalhadas.
Alguém de quem eu não quisesse fugir quando a intimidade derrubasse nossas máscaras.
Eu queria não precisar usá-las e ainda assim não perder o mistério ou o encanto dos primeiros dias.Alguém que segurasse minha mão e tocasse meu coração.
Que não me prendesse, não me limitasse, não me mudasse.
Alguém com quem eu pudesse aprender e ensinar sem vergonhas ou prepotências.
Alguém que me roubasse um beijo no meio de uma briga e me tirasse a razão sem que isso me ameaçasse. Que me dissesse que eu canto mal e que eu falo demais e que risse das vezes em que eu fosse desastrado.
Alguém que me olhasse nos olhos quando fala, sem me deixar intimidado.
Que não depositasse em mim a responsabilidade exclusiva de fazê-lo feliz para com isso tentar isentar-se de culpa quando fracassasse.
Alguém de quem eu não precisasse, mas com quem eu quisesse estar sem motivo certo.
Alguém com qualidades e defeitos suportáveis.
Que não fosse tão bonito e ainda assim eu não conseguisse olhar em outra direção.
Alguém educado, mas sem frescuras;
Engraçado e, ao mesmo tempo, levasse a vida a sério, mas não excessivamente.
Alguém que me encontrasse até quando eu tento desesperadamente me esconder do mundo.
Eu queria sair por aquela porta e conhecer alguém imperfeito. Feito para mim.
segunda-feira, 15 de novembro de 2010
Muitas vezes é necessário que tudo se perca,
para que se possa novamente recomeçar.
Recomeçar, com maior experiência, com mais vida, com mais amor,
com mais dedicação, e principalmente com mais esperança em tudo que
temos que construir para o nosso amanhã.
Recomeçar, vivendo o dia de hoje intensamente e tirando
do ontem apenas o aprendizado.
O sonho de ontem é a esperança de hoje
e a realidade de amanhã .
sábado, 13 de novembro de 2010
a não esperar tanto das pessoas para não me decepcionar,
a dizer Não às vezes, pois isso é necessário,
a não ser tão ingênuo e confiar cegamente nos outros,
a não desprezar quem me ama de verdade para não me arrepender depois,
a acreditar que certas amizades são passageiras,
a não me desvalorizar quando o amor que eu sentir por alguém não for correspondido,
a não esperar o desespero para só então recorrer a Fé,
a chorar quando for preciso pra que depois eu me sinta melhor,
a não acreditar que as coisas podem ser perfeitas,
pois elas nunca vão ser...

Talvez a Vida me ensine a não esperar perder as pessoas que eu amo, para só então eu dar o devido valor que elas realmente mereciam.
quinta-feira, 11 de novembro de 2010
Chega de ficar quebrando a cara com os velhos erros de sempre.
Quero cometer erros novos, passar por apertos diferentes, experimentar situações desconhecidas, sair da rotina e do lugar comum.
Eu preciso crescer!!!
Chega de saber a saída e ficar parado na porta, ensaiando os passos sem nunca entrar na estrada, esperando que me venha o que eu mais preciso encontrar.
Se eu tiver que sofrer, será por sofrimentos reais, nunca mais por males imaginários, preocupado com coisas que jamais acontecerão.
Chega de planejar o futuro e tropeçar no presente.
Chega de pensar demais e fazer de menos.
Chega de pensar de um jeito e fazer de outro.
Chega do corpo dizer sim e a cabeça não.
Chega desses intermináveis conflitos que me fazem adiar para nunca a minha decisão.
EU VOU VIVER.
"Não me prendo a nada que me defina.Sou companhia, mas posso ser
solidão... tranqüilidade e inconstância, pedra e coração.Sou abraços,
sorrisos, ânimo, bom humor, sarcasmo, preguiça e sono. Música alta e
silêncio. Serei o que você quiser, mas só quando eu quiser. Não me
limito, não sou cruel comigo! Serei sempre apego pelo... que vale a pena e
desapego pelo que não quer valer... "
terça-feira, 9 de novembro de 2010
Fugi de mim, do amor, da vida!Fugi mesmo. Como um ladrão em meio a madruga. Coloquei alguns poucos sentimentos que me restavam na mala, um par de amor próprio ( o último e tão gasto), uma blusa para o frio escaldante, nela se escondiam algumas magoas, uma calça jeans velha,um pote cheio de sonhos, e um coração dilacerado pelo tempo. Joguei minha mala ao chão, e a dor de te deixar, a cada passo ia se intensificando. Meu corpo queria ficar, minha mente deveria ir, meus sentimentos travavam uma guerra sangrenta lutando pelo meu destino.Há quem diga que não olhei para trás, que simplesmente bati a porta sem dó, nem piedade. Há quem diga que não doeu, há quem me julgue covarde. E Talvez essa última realmente seja verdade.Juro que tentei, fui além do que meus princípios me permitiam, mas apenas pensar em mais um dia acordar olhar naquele espelho da azul sala, e ver uma mentira. Essa mentira que me tornei, esse vicio pelos meus sentimentos, esse egocentrismo que me consome. Não agüentaria, não foi pra isso, nem por isso que cheguei até aqui.Há vida lá fora. Há milhões de coisas sendo transformadas a todo o momento. Há verdades incorruptíveis que ainda acredito. Decidir não negociar mais meus princípios. E como já diria Fabio Jr.. Nem por você “Nem por ninguém eu me desfaço dos meus planos.
Talvez nem tudo que eu penso seja imaginação, quem sabe eu vivo mesmo essas fantasias, quem sabe eu não faço parte delas, quem sabe eu não sou elas ...
Para que levar tudo a sério , se você pode fechar os olhos e imaginar algo melhor ? concordo que nunca faço o FINAL PERFEITO, mas dou ação para todos aqueles efeitos especias, um pouco de drama ali, um romance aqui, um beijo de longa partida ao infinito invisível. Tudo faz parte, é uma questão de olhar além do real, e ver que a partir dali nada tem limite.
domingo, 7 de novembro de 2010

Nunca é tarde demais para ser quem você quer ser.

Não há limite de tempo, comece quando você quiser.
Você pode mudar ou ficar onde está.
Não há regras para esse tipo de coisa.
Podemos encarar a vida de forma positiva ou negativa.
Espero que encare de forma positiva.
Espero que veja coisas que surpreendam você.
Espero que sinta coisas que nunca sentiu antes.
Espero que conheça pessoas com pontos de vista diferentes.
Espero que tenha uma vida da qual você se orgulhe.
E se descobrir que não tem, Espero que tenha forças para começar novamente."
sábado, 6 de novembro de 2010
Crescer ... me dá medo ..
responsabilidades
escolhas
desafios
decisões que devem ser  tomadas
caminhos pra escolher.. 
percebi que ser  criança era mais fácil..!
terça-feira, 2 de novembro de 2010
Existem momentos inesquecíveis em nossas vidas. Momentos que passam e nunca voltam. Momentos que ficam na lembrança. Momentos únicos!
Por isso, devemos aproveitar ao máximo cada momento e fazer dele algo único, diferente, inesquecível e especial. Para que assim eles fiquem em nossas memórias e façam parte de nossa história.
Algo que ao ser relembrado nos faça sorrir e concluir que mesmo que eles não voltem, valeram a pena.
segunda-feira, 1 de novembro de 2010
Com o tempo a gente aprende que errar é humano, que todos nós erramos e que as vezes mesmo certos temos que abaixar a cabeça e pedir desculpa; E que as vezes é preciso ouvir o que as pessoas tem a dizer; Com o tempo aprendemos a jogar nessa vida, aprendemos que a cada tombo é preciso levantar de cabeça erguida; Aprendemos que nem todas as manhas são de sol, e que nem sempre tudo na vida é como nós queremos; Com o tempo conhecemos pessoas, e descobrimos sentimentos; Com o tempo aprendemos a dar valor a cada segundo que temos, pois aprendemos que em um segundo tudo pode mudar; A vida passa e descobrimos quem são nossos amigos verdadeiros; e as vezes que pessoas desconhecidas te valorizam mais, do que as que estão todos os dias com você; Com o tempo a gente erra mais tambem acerta e mais cedo ou mais tarde, a gente aprende que temos que aceitar cada um como é. E que ninguem é melhor do que ninguém pelo menos nessa vida; Com o tempo a própria vida vai ensinar como viver.